Extração de sisos: você sabe por que deve passar por isso?
Saúde Bucal

Extração de sisos: você sabe por que deve passar por isso?

Os terceiros molares são popularmente conhecidos como sisos. Eles ficam visíveis entre os 16 e 25 anos de idades e podem provocar incômodos, ou até algumas doenças, atrapalhando sua saúde bucal. Por isso, quando necessário, sua retirada é aconselhada.

Nem sempre o procedimento cirúrgico é necessário. Cada paciente vai apresentar um quadro diferente, que deve ser analisado por um dentista especialista que dirá se a extração de sisos é ou não necessária.

No texto de hoje abordamos quais as situações a cirurgia é necessária e damos mais detalhes sobre o procedimento. Quer saber mais? Continue lendo o post!

Quando a extração de sisos é necessária?

Eles devem ser retirados quando sua posição não está adequada à arcada dentária — inclinados, deitados ou inclusos — dificultando sua limpeza e causando problemas como:

  • acúmulo intenso de microorganismos ao seu redor;

  • inflamação da gengiva;

  • abscessos (acúmulo de secreção);

  • cárie no próprio siso ou no dente vizinho;

  • dores intensas;

  • prejuízo às raízes dos dentes vizinhos.

Além disso, como vimos em nosso outro post sobre extração do siso, o dente “pode estar associado à cistos e tumores de origem dentária e dependendo do seu mau posicionamento, propiciar a fratura do osso da mandíbula”.

Como o procedimento cirúrgico é feito?

A extração deve ser feita por um cirurgião buco-maxilo-facial, e pode ser realizada em um consultório ou hospital. No dia da operação, o profissional aplicará anestesia local, portanto, você não sentirá dor durante o procedimento.

A duração vai depender da dificuldade em remover os sisos. Em média, a cirurgia dura 30 minutos por dente. Porém, tudo depende das condições em que eles se encontram.

Alguns exames pré-operatórios são necessários como, por exemplo, raio-X da arcada dentária e testes laboratoriais. É importante que você informe ao dentista seu histórico de saúde para que ele tome todos cuidados necessários.

Quais são os cuidados pós-operatório?

Apesar de ser rápida, a extração dos sisos não deixa de ser uma cirurgia e, portanto, o paciente deve ter alguns cuidados após a operação para que não ocorram complicações.

Comer alimentos pastosos

Recomenda-se que o paciente consuma alimentos pastosos, como sopas e sucos naturais gelados ou mornos — alimentos quentes podem prejudicar a cicatrização, além de causar desconforto. Opte por alimentos nutritivos que fortalecerão seu sistema imunológico.

Algumas pessoas sentem dificuldade de abrir a boca, nesses casos, elas podem utilizar canudos para ingerir os alimentos líquidos.

Tomar os remédios corretamente

O seu cirurgião-dentista recomendará alguns remédios que podem ser em pílulas ou produtos tópicos, como géis e enxaguantes bucais.

Eles têm o objetivo de impedir que o paciente tenha alguma infecção, inflamação ou para amenizar a dor. Portanto, é importante que você tome os medicamentos conforme orientação.

Usar compressas para diminuir o inchaço

É muito comum que após a retirada dos sisos, o paciente apresente inchaço facial. Por isso, recomenda-se que ele faça uso de compressas de gelo nas primeiras 24 horas. Ela pode ser feita por 10 minutos com intervalos de 20.

Após o primeiro dia, se ainda estiver muito inchado e dolorido, você pode fazer compressas com uma toalha quente e úmida a cada 20 minutos, mas cuidado para não se queimar nesse processo.

Fazer a limpeza bucal

Os cuidados com a higiene bucal não podem ser deixados de lado nesse período. Você deve passar fio dental e escovar os dentes com cuidado. Faça a escovação de forma delicada e suave para que não haja risco de machucar o local.

O uso de enxaguantes bucais deve ser conversado com o dentista, pois eles podem conter substâncias que agridem a mucosa bucal.

A extração de sisos é um procedimento simples e corriqueiro, mas que necessita de cuidados. Se você precisa realizá-lo, não tenha medo! Procure um bom cirurgião-dentista e cuide da sua saúde e bem-estar.

Gostou do nosso post? Conhece alguém que também está passando por esse processo? Compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer sobre esse assunto.

Sobre o autor

Odontologia Íntegra

Deixar comentário.

Share This