Descubra como combater o mau hálito!
Qualidade de vida Saúde Bucal

Descubra como combater o mau hálito!

O mau hálito é um dos problemas mais desagradáveis e constrangedores de se enfrentar. E o pior de tudo: ele também afeta quem está ao redor, que igualmente sofre com o odor proveniente, em alguns casos, da má higiene bucal do indivíduo.

De acordo com especialistas, cerca de 90% dos casos de halitose se originam na boca, devido à combinação química de diversas substâncias, que causam odores nem um pouco agradáveis, mas que muitas vezes passam despercebidos pelo portador do distúrbio.

Inflamação na gengiva, má conservação dos dentes, tabagismo, abscessos, inflamações nas fossas nasais e sinusites são outros fatores que contribuem para o mau hálito. Mas não se preocupe, esse problema tem solução!

Confira algumas dicas para você combater o mau hálito e se livrar desse problema de uma vez por todas!

Cuide de sua alimentação

Alguns alimentos são considerados “detergentes” naturais quando consumidos crus e/ou com casca, como é o caso da maçã, do pepino e da cenoura. Eles realizam uma espécie de raspagem nos dentes, impedindo o acúmulo de bactérias na arcada e também aumentam a produção de saliva, devido a uma maior necessidade de mastigação.

O gengibre, a hortelã e o suco do limão — com moderação, pois sua acidez prejudica o esmalte do dente — também são ótimos para essa finalidade, pois estimulam e/ou regulam alguns processos digestivos, combatendo a má digestão, responsável pela liberação de gases desagradáveis pelas vias respiratórias.

Beba bastante água

A boca seca e a falta de salivação são uns dos principais fatores do mau hálito, causados pelo ressecamento da cavidade oral — ao acordar, por exemplo —, sobretudo de seu fundo, na parte posterior da língua, local de maior acúmulo de bactérias.

Manter a boca úmida e as mucosas bem hidratadas contribuem para um hálito mais puro e fresco, livre de odores fétidos, uma vez que a saliva contém substâncias bactericidas responsáveis por limpar a cavidade oral.

Escove os dentes corretamente

Como já foi colocado, a falta de higiene bucal é responsável por 90% dos casos de halitose. Escovar os dentes corretamente e com regularidade — ao acordar, antes de dormir e após as refeições — pode ser a solução para essa situação desagradável.

O uso do fio dental é igualmente importante para retirar os resíduos acumulados entre os dentes, assim como a escovação da língua e do céu da boca, para remover as placas de bactérias presentes nessas superfícies.

Aposte nas soluções caseiras

Mastigar canela, cravo-da-índia, semente de anis, hortelã ou balinhas de gengibre também são medidas eficazes para combater o mau odor e refrescar o hálito, pois esses produtos têm propriedades antissépticas que combatem as bactérias presentes na boca, além de serem ingredientes aromáticos.

Outra boa dica pra acabar com o mau hálito é ter sempre um chiclete na bolsa, uma vez que a goma, ao ser mastigada, da mesma forma que as soluções caseiras citadas, ajuda a aumentar a produção da saliva e a manter a boca úmida.

Por outro lado, evite o consumo de alimentos causadores do mau hálito, como alho, cebola crua e aqueles excessivamente gordurosos ou com alto teor de enxofre.

O cigarro também provoca halitose porque resseca a boca, prejudica as gengivas e os dentes e inflama a mucosa, alterando o frescor e o aroma da boca, além de estragar qualquer sorriso.

Mas fique atenta: em 10% dos casos, a halitose pode ter origem no esôfago, no estômago ou na garganta. Caso o problema do mau hálito persista por muito tempo, mesmo após seguir à risca nossas dicas, procure seu dentista ou até mesmo seu médico para realizar exames específicos e identificar a causa desse inconveniente.

Você conhece alguma outra maneira eficaz para acabar com o mau hálito? Conte para nós nos comentários! Até a próxima!

Sobre o autor

Odontologia Íntegra

Deixar comentário.

Share This